Luiz Castro

Luiz é um profissional diferenciado que estudou desde Direito a Marketing, Psicologia a TI para poder sentir-se capacitado para desenvolver seus projetos e projetos de clientes. Profissional de Gestão/Modelagem de Projetos Digitais, especialista e-Commerce pela AlpisConsultoria.com, também é palestrante, colunista e aspirante a escritor (rs), já participou de projetos startup e projetos já em processo de estabilidade.

Esse título é uma pergunta forte, de afronta, que possivelmente pode ter te deixado chocado. Certamente alguns dos sentimentos como, por exemplo, raiva, angústia, desprezo ou qualquer outro dos possíveis sentimentos podem ter vindo à tona neste curto espaço de apenas alguns segundos – e isto foi de propósito para provar um ponto importante – essa é apenas uma das inteligências que existem no ser humano – A que estou usando neste momento é uma inerente as minhas faculdades, a linguística. Obviamente existe um motivo Continue

Já alerto que este não é um texto padrão que você encontra no EmpíricaSpecialists, mas de fato é dentro da nossa percepção ampla do que afeta o empreendedorismo sério no país, assim como o desenvolvimento profissional e intelectual. Na verdade essas coisas só são afetadas pela própria atividade individual, eu – Luiz Castro – não posso pedir que outros me tornem mais culto. Essa é uma decisão e uma atividade de esforço da minha parte. Pois bem, acabo de ler um artigo na CartaCapital.com.br onde encontrei Continue

Quando falamos em capital de um empreendimento, estamos tratando de todos os recursos que a empresa possui, inclusive sua equipe. O capital humano, que muitas vezes é deixado de lado na estrutura da empresa, merece tanto destaque, atenção e investimento quanto a produção ou maquinário. Desde a Revolução Industrial, cada vez mais os funcionários foram perdendo seu valor dentro das empresas, sendo considerados figurantes perto das máquinas, verdadeiras estrelas dos negócios. Mas conforme o tempo passa as regras do jogo mudam, afinal de contas as Continue

Será que você já se pegou pensando o sentido de algumas ações midiáticas? Seriam elas positivas ou negativas? Valem o investimento ou são apenas luxo de agências capazes de convencer clientes com crise de identidade? São tantas as perguntas, com tantas possibilidades de respostas e eu vou me ater apenas a minha percepção profissional nessa história toda. Apertem os cintos, pois não estou pretendendo ser leve, nem leviano. Recentemente tivemos a chegada de um novo vídeo, uma série de vídeos – na verdade. Estou falando Continue